PROPOSTA PEDAGÓGICA

          

A Proposta Pedagógica do Colégio Participação fundamenta-se na teoria interacionista e nos estágios psicogenéticos de Piaget, na concepção de homem como ser livre, compreendido como um ser no mundo comprometido com a construção de seu próprio conhecimento, atuante e engajado na sociedade da qual participa.

 

Através da valorização da realidade e da cultura de cada aluno, é possível oferecer-lhe um leque de oportunidades para o seu próprio desenvolvimento e levá-lo à autonomia na época certa, proporcionando-lhe situações de conflito em que ele busque uma solução, sob o olhar atento do professor/facilitador, que por sua vez, está sempre preocupado com seu o bem-estar.

 

A proposta contribui para que os educandos sejam capazes de opinar, criticar, comprovar e não aceitar sem refletir ao que lhes é proposto, incentivando-lhes a pensar, resolver problemas, considerar o outro, saber buscar conhecimento, associar e concluir.

 

O Colégio tem por objetivo ensinar o aluno de forma prazerosa, de maneira contextualizada de acordo com sua realidade, auxiliá-lo a se apropriar do saber pela reflexão e raciocínio das situações de aprendizagem, fazê-lo perceber as variáveis que entram em jogo: diferenças nas formulações, diferenças na postura, na conduta, associações com a vivência de cada um.            

A metodologia de trabalho gira em torno das situações: falar de fatos, comparar, analisar, reproduzir, buscar características, classificar, questionar e observar. Esse trabalho acontece desde os primeiros anos de escolaridade, promovendo nos alunos a aquisição do conhecimento. Eles são desafiados a pensar e refletir, pensar e aprender, pensar e fazer, capacitando-os a participar como agentes ativos da sociedade. Dessa forma, trabalha-se com sanções e não com punições. Por sanções entenda-se a tomada de atitudes que envolvam o educando na compreensão, reflexão e conscientização da conseqüência de seus atos.

 

Aqui a afetividade e o respeito para com o educando são levados a sério! Isto faz com que se estabeleçam relações de confiança entre aluno e professor e entre aluno e aluno, sendo fatores bastante valorizados por serem a “porta de entrada” para que o aprendizado se dê de maneira prazerosa, ao lado da valorização do respeito às regras e aos limites.

 

O professor tem como incumbência específica ser um tradutor do conhecimento, percebendo quando seus alunos não compreendem, modificando sua maneira de explicar para atingir o máximo de educandos, e ainda orientando quanto ao encaminhamento de situações específicas de ensino-aprendizagem que não estejam a seu alcance.

 

Desse modo, o professor estimula o raciocínio, utilizando-se de materiais e fatos concretos, promovendo a reflexão e o pensamento crítico, além de proporcionar ao aluno criar situações, implementar condições para que se desenrole o processo de construção do conhecimento. Sua prática pedagógica é constantemente pensada, revista e questionada, para que  o ensino tenha um significado especial para ele mesmo e para o aprendiz, tranformando-se em uma ponte entre a aprendizagem, o saber e o discente.  

 

Tal prática proporciona um ensino atual, de qualidade e formador de seres conscientes para um futuro que exigirá mais que aprender um bom conteúdo, exigirá posturas, tomadas de decisões, uma formação dinâmica e cidadã frente aos problemas da sociedade.

 

É por tudo isso que toda a nossa equipe pedagógica se orgulha do Colégio Participação, porque para nós, o melhor é estudar aqui!

Colégio Participação

Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio
Holambra-SP
(19) 3802-1650 / 1654  (Infantil)
(19) 3802-1642 / 3902-4039 (Fund. e Médio)
  • w-facebook
  • YouTube Social  Icon

© 2017 - Colégio Participação